Entrevista de Emprego: os detalhes que fazem a diferença

Entrevista de Emprego - os detalhes que fazem a diferença

Entrevista de Emprego: os detalhes que fazem a diferença

Pare por um momento e observe a forma como você está sentado. Ou está em pé? Andando?  Sabia que isso diz muito sobre você? A linguagem corporal pode indicar fatores muito positivos na sua personalidade quando se trata de concorrer a uma vaga de emprego, mas também pode denunciar aspectos que não são exatamente admirados no mercado de trabalho.

Seu corpo fala

O o que ele diz pode se transformar em um poderoso impulso para sua carreira ou ser um desagradável puxão de tapete. Seja para fechar um negócio ou conquistar uma boa oportunidade, a linguagem corporal pode fazer a diferença.

Vai fazer uma entrevista de emprego? Preste atenção aos detalhes, a cada um dos seus movimentos. Eles podem ser determinantes entre a sua contratação e o famoso “te ligamos semana que vem”.

Tenha uma mão livre

Em uma entrevista de emprego, você vai cumprimentar o recrutador. Por isso, busque de prontidão deixar a mão direita livre para isso. Se estiver com pasta, deixe-a na esquerda. Evite carregar muita coisa também, pois pode passar a ideia de desorganização.

Mantenha a calma e o foco

Nada de bater o pé, estalar muito os dedos, ficar mexendo em relógio, pulseiras, colares, celular. Isso passa uma impressão de insegurança e ansiedade que pode fazer o recrutador questionar sua capacidade.

Repita o nome do entrevistador

Se você fizer isso duas vezes nos primeiros 15 segundos da entrevista, pode gerar mais empatia com ele. Além de fazê-lo se sentir importante, é também uma eficiente estratégia para não esquecer seu nome.

Olhe nos olhos, mas com moderação

É fundamental olhar seu recrutador nos olhos, pois passa uma impressão de firmeza, segurança. Mas não abuse muito disso. Vez ou outra, sutilmente desvie o olhar, evitando deixa-lo desconfortável e dando uma chance para avaliar você por completo.

Aperte a mão na mesma intensidade

Esta é uma dica valiosa do Dr Lair Ribeiro e é muito mais fácil do que parece: mantenha a mão pronta para cumprimentar e, ao sentir a força com que o recrutador lhe cumprimenta, retribua. Mas independente disso, é importante manter firmeza.

Espelhe-se

Uma forma muito eficiente de criar sintonia com qualquer pessoa é refleti-la. Sutilmente, imite o modo como ela se senta, adote o mesmo tom de voz, copie um gesto ou dois, tenha a mesma postura. Mas tudo com muito cuidado para não parecer imitação ou deboche. Use esta técnica com o máximo de atenção e delicadeza.

Last modified: 10/04/2017