Lei de Pareto

Publicado por | Produtividade, Profissional de Sucesso

Lei de Pareto

A Lei de Pareto, também conhecida como princípio 80/20, tem como autor o italiano Vilfredo Pareto. Essa teoria afirma que 80% das consequências advém de 20% das causas. Por exemplo, 80% das vendas de uma empresa advêm de 20% dos seus clientes, ou 80% da riqueza do mundo advém de 20% de indivíduos que nele habitam.

Para chegar a essa conclusão, Pareto estudou a distribuição de terras na Itália e descobriu que 20% da população possuía 80% da terra. Mais tarde, ele descobriu que esse princípio também poderia ser aplicado à política, bem como à distribuição de ativos naturais e da riqueza mundial.

Pode haver obviamente um desvio matemático, dependendo da problemática em questão. No entanto, dificilmente os cálculos fogem desta proporção (80/20).

A Lei de Pareto é um princípio que, por sua simplicidade, pode ser aplicado em vários aspectos da vida. Tais como:

Negócios mais produtivos com a lei de pareto

Um dos maiores erros que podem ser cometidos no mundo dos negócios é pensar que se deve, no início, tentar atrair o maior número de potenciais clientes. Na verdade, isso conduzirá a que a um aumento de investimentos e tempo despendido.

Ao invés disso, deveríamos nos concentrar nos 20% de clientes que representam a maior fatia de lucros da sua empresa, concedendo-lhe um atendimento personalizado e diferencial. Com esse objetivo em mente, faça uma análise para descobrir que clientes lhe proporcionam 80% dos seus lucros.

Muitas vezes não é necessário ter mais e mais clientes, mas sim um número ideal que nos traga bastantes rentabilidade. Sabendo que 20% dos clientes trazem 80% dos nossos resultados, deve ser nesses que deve apostar mais. O foco aqui é fundamental para o direcionamento do negócio.

Perceber como conseguiu vender ou como conquistou um cliente deve fazer parte da sua análise. Tente perceber como conseguiu atingir esse resultado, qual o método que utilizou ou quais foram os passos que seguiu. Ao fazer uma análise com a Lei de Pareto, tente entender como conquistou 80% dos clientes. Certamente você irá lembrar das estratégias que fez para alcançar esse resultado.

Princípio de Pareto

Melhor gestão do tempo com a lei de pareto

Um dos segredos da produtividade no trabalho é saber gerir bem o seu tempo. Segundo a Lei de Pareto, se efetuar uma análise, verificará que 20% das suas atividades gastam 80% do seu tempo diário. Verificará também que existem momentos em que não existe qualquer produtividade, havendo várias distrações ao longo do seu dia que, somadas, levam a que este pareça mais curto.

O que pode fazer? Tente reduzir esses 20% que levam grande parte do seu tempo sem produtividade e tente diminuir essa percentagem. Para tanto, uma sugestão seria registar de hora a hora, durante uma semana, o que está de fato fazendo no trabalho. Isso pode parecer “trabalhoso” e cansativo no início, mas é um dado muito importante para tomada de decisão.

Enquanto profissional, chegar ao seu dia de trabalho e perceber o que fez mal e o que fez bem é extremamente importante. O “sumo” que foi retirado ao final do dia é que vai fazê-lo evoluir ou ficar estagnado. Com a Lei de Pareto, verá que 80% do seu tempo gasto será em 20% das suas tarefas. Mas agora faço uma questão: serão essas 20% das tarefas realmente importantes? Ou seja, esse 80% do tempo será que está a ser bem aproveitado?

Caso queira conhecer o método GTD, acesse este artigo.

Leituras mais eficientes

Muitas vezes, poderá perder o seu tempo com leituras que não terão particular interesse para o seu trabalho. De acordo com a Lei do Pareto, 80% do seu conhecimento vem apenas de 20% das leituras que faz. Por isso, procure concentrar-se em leituras que estão relacionadas com a sua área de trabalho. Isso não quer dizer que não deva ler sobre outros assuntos que interessem, mas deverá fazê-lo apenas no seu tempo livre.

Como pode observar, a Lei do Pareto pode ter influência no seu rendimento no trabalho. Por isso, tente percebê-la melhor e melhorar a sua produtividade diária.

O que é o Diagrama de Pareto?

O diagrama de Pareto é baseado no princípio que leva o mesmo nome, desenvolvido pelo economista italiano Vilfredo Pareto enquanto ele analisava a distribuição de riqueza das pessoas na sociedade.

Segundo o Princípio de Pareto, 80% dos resultados provém de 20% dos esforços. A mesma relação se aplica em outros quesitos: 80% dos problemas são devidos a 20% das causas.

Por isso, o Diagrama de Pareto é uma das principais ferramentas de gerenciamento de qualidade e Six Sigma. Ele é extremamente útil para ajudar você a encontrar as fontes de grande parte dos problemas em uma organização. Assim, é possível definir prioridades de maneira mais consciente e eficaz.

O diagrama é concebido a partir da identificação dos problemas, ou ganhos, e de suas frequências. Com a identificação, constrói-se um gráfico de colunas colocando em ordem os problemas e suas respectivas frequências, do maior para o menor, evidenciando importância e prioridade.

Diagrama de Pareto

Como você pôde notar, as colunas são organizadas em ordem decrescente, e representam a frequência. A linha que acompanha as colunas representa as percentagens acumuladas. O gráfico ajuda a identificar de forma mais clara quais fatores merecem maior atenção.

A aplicação do Diagrama de Pareto facilita a identificação, o estudo e a resolução de problemas comuns em qualquer negócio, ou operação. Com ele, é possível identificar, por exemplo, erros, defeitos, insatisfação de clientes, consumo de recursos, etc.

Essa ferramenta também pode ser muito útil para investidores que desejam otimizar investimentos e maximizar rendimentos. Utilizando o diagrama para analisar uma carteira é mais fácil identificar quais geram maior retorno e quais são os que rendem menos.

Assim, você pode definir suas prioridades e trabalhar de forma mais focada para alcançar os resultados esperados.

Last modified: 02/05/2020